Esquerda virtual
COLUNA

E se fosse o PT? E se fosse o Lula?

INDIGNAÇÃO SELETIVA

FÉ E POLÍTICA

FÉ E POLÍTICATiago Santos estudou no Seminário Teológico do Rio Grande do Sul. Fez bacharelado em Teologia na Escola Superior de Teologia e especialização em gestão e liderança na Faculdade São Judas Tadeu. É mestrando em Teologia pela PUCRS, assessor auxiliar da Aliança Bíblia Universitária (ABUB), membro da comunidade cristã Abrigo e diretor do Coletivo Abrigo. Fundador dos movimentos Cristãos Contra o Fascismo e Liberta.

25/07/2019 12h43Atualizado há 5 meses
Por: Agassiz Almeida Filho

 

POR TIAGO SANTOS

É preciso levar a sério essas duas perguntas, que sempre surgem dos nossos queridos amigos e familiares, e fazer um convite para a reflexão: E se de fato fosse o PT nesses 7 meses de governo? E se fosse o Lula? Vamos pensar em um universo paralelo e em qual seria a sua reação.

E se, nesses 7 meses, fosse o Lula na presidência, com 39kg de cocaína no avião presidencial? E se fosse o Lula, indicando os filhos para cargos do governo, com os familiares envolvidos em fortes indícios de uso ilegal de verba pública e em esquema com laranjas? E se o Queiroz fosse assessor do Lula?

Imagine se o Lula levasse a família toda pra festas usando helicópteros da FAB. Imagine o Lula, usando o poder do cargo para eliminar suas próprias multas de trânsito ou com o Ibama. Seria um escândalo se o Lula nomeasse como ministro da Justiça um ex-juiz que tivesse ajudado a tirar o Bolsonaro da corrida presidencial?

Ou se o Lula tivesse indícios de ligação com paramilitares, batesse recordes de distribuição de emendas para comprar parlamentares, perseguisse professores de direita nas universidades, contratasse um sobrinho para descobrir quem é de direita nos cargos públicos, censurasse dados e entregasse nossas estatais e o petróleo para a China?

Se fosse o Lula, fazendo tudo isso, você o consideraria um mito? O melhor presidente de todos os tempos? Se ele citasse um ou dois versículos, mas continuasse fazendo todas essas coisas, você o consideraria o escolhido de Deus para abençoar esta nação?

Qual seria sua reação? Você consegue perceber que a mamata não acabou, que tudo isso é pouco admirável, que não existe nada de digno, sagrado ou abençoado nessas posturas?

Com o Bolsonaro agindo assim, por que não há qualquer reação dos militares para supostamente proteger o Brasil? Por que não há nenhuma reação sua contra isso? Você não defende o Brasil?

E se fosse o PT cometendo essas ilegalidades, haveria impeachment ou ameaças de intervenção militar? Então, voltemos a pergunta: E se fosse o PT? Se fosse o Lula? Como não é, você não reage porque nunca foi contra a corrupção.

Foto: Ricardo Stuckert/Instituto Lula

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários