Esquerda virtual
DESIGUALDADE

A matança de jovens negros está sendo banalizada no Brasil e nos EUA

O RACISMO QUE MATA

15/08/2019 11h57Atualizado há 4 meses
Por: Agassiz Almeida Filho

 

NO DIA 06 DE JUNHO, cinco pessoas foram atingidas por tiros disparados por policiais de Los Angeles. Dentre as vítimas, segundo o The Guardian desta quinta-feira (15), estava Ryan Twyman, um jovem de apenas vinte e quatro anos, pai de três filhos. Twyman, que estava desarmado, foi abordado dentro de um veículo e recebeu trinta e quatro disparos à queima-roupa. Veja o vídeo:

No Brasil, a matança de jovens negros também está sendo banalizada. Segundo reportagem do G1 (14), em menos de uma semana, houve seis jovens mortos em comunidades carentes do Rio de Janeiro. As mortes foram causadas por balas perdidas e também por disparos diretamente direcionados contra as vítimas.

A política do governador Witzel assume a matança de jovens negros e pobres como algo necessário, o que vem sendo constantemente comprovado desde que Witzel assumiu o cargo no início do ano.

Foto: Finbarr O'Reilly/Reuters

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários